Translate

sábado, 16 de março de 2013


Ministra Eleonora participa, na 2ª feira, do simpósio global “Mulheres que mudam o Brasil”

Organizado pela Barnard College, ligada à Universidade de Columbia de Nova Iorque, encontro tratará da liderança das mulheres e transformações na sociedade
As conquistas, os direitos e os desafios das brasileiras estarão em evidência no 5º Simpósio Global da Barnard College, vinculada à Universidade de Columbia de Nova Iorque. Com o tema “Mulheres que mudam o Brasil”, o encontro acontecerá na segunda-feira (18/03), em São Paulo, reunindo lideranças que transformam o país nas ciências, economia, política, mídia, artes, entre outras áreas.

Como conferencista, a ministra Eleonora Menicucci, da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), contará o trabalho do governo federal para a igualdade de gênero. Dentre as iniciativas, destaca-se o programa “Mulher, Viver Sem Violência” que estabelece a integração dos serviços públicos de segurança, justiça, saúde, assistência social, acolhimento, abrigamento e orientação para trabalho, emprego e renda. 

A ministra das Mulheres abordará os desafios para a autonomia econômica das mulheres, equidade salarial em relação aos homens e compartilhamento das tarefas de cuidados. “As brasileiras são mais escolarizadas que os homens, mas ainda é preciso derrubar barreiras sobre a ocupação de postos de trabalho estratégicos e de decisão nas pequenas, médias e grandes empresas”, aponta a ministra Eleonora Menucucci. 

Em sua apresentação, a ministra fará referência a ações do programa Pró-Equidade de Gênero e Raça, que tem por objetivo promover a igualdade de oportunidades e de tratamento entre homens e mulheres nas organizações públicas e privadas e instituições por meio do desenvolvimento de novas concepções na gestão de pessoas e na cultura organizacional. Contando quatro edições, o programa já atingiu cerca de 800 mil trabalhadoras e trabalhadores.

O 5º Simpósio Global “Mulheres que mudam o Brasil” terá a presença de: Panmela Castro (Rede Nami, organização que usa a arte de rua para promover os direitos das mulheres), Petra Costa (cineasta e atriz), Nilcéa Freire (Ford Foundation no Rio de Janeiro), Maria Cristina Frias (membro do Conselho e colunista da Folha de S.Paulo), Michelle Gadsden-Williams (Diversidade e Inclusão do Credit Suisse AG, com sede em Zurique, na Suíça), Kátia Lund (diretora de cinema e roteirista brasileira), Adriana Machado (a primeira mulher a atuar como presidente e CEO da GE Brasil), Duilia de Mello (professora associada de Física e coordenadora do programa Ciência sem Fronteiras na Catholic University of America), Mayra Avellar Neves (Força Favela), Mônica Waldvogel (jornalista e produtora do "Entre Aspas"), Mayana Zatz (professora titular de Genética Humana e Médica e diretora do Centro de Estudos do Genoma Humano e do Instituto Nacional de Células-Tronco em doenças genéticas da Universidade de São Paulo), Debora L. Spar (reitora do Barnard College) e Kathryn Kolbert (diretora Constance Hess Williams ‘66 do Athena Center for Leadership Studies e professora titular de estudos de liderança do Barnard College).

5º Simpósio Global da Barnard College

Data: 18 de março de 2013 (segunda-feira)
Horário: das 11h às 15h
Local: Grand Hyatt Hotel (Av. das Nações Unidas, 13301)- São Paulo/SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário